terça-feira, 22 de abril de 2014

Palanqueta de nuez

Mais uma receita retirada do livro "As 100 mais famosas sobremesas do mundo". Originária do México, onde a abundância de nozes-pecãs não o torno proibitivo de fazer como cá :)
Como já tínhamos experimentados as nozes-pecãs na Tarte de nozes-pecãs e achámos que a diferença no sabor não é significativa, desta vez usámos noz normal (não é que seja muito mais barata mas.... )
É um bolo com um contraste de sabores fortes, muito húmido que me deixou fã.

"O aroma das frutas ácidas, sobretudo da lima, de sabor muito intenso, resulta numa combinação  deliciosa com o crocante elaborado com nozes-pecãs, de consistência relativamente mole, nem sempre comparável ao crocante de amêndoas"


Ingredientes:
Para a massa:
4 gemas
100gr de açúcar
raspa de uma lima
uma pitada de sal
4 claras
60gr de farinha
20gr de maisena
30gr de amêndoas raladas

Para a calda:
sumo e casca de 2 laranjas
sumo de 2 limas
4 colh sopa de água
2 colh sopa de mel
6cl de rum

Para o creme:
2,5dl de leite
polpa ralada de 1/2 vagem de baunilha
80gr de açúcar
25gr de maisena
2 claras

Para o crocante de nozes:
150gr de açúcar
150gr de nozes pecãs

Além disso:
1 forma de mola com fundo móvel com 26cm de diâmetro
papel vegetal

Preparação:
Para a massa do bolo, bata as gemas com 1/3 da quantidade de açúcar, a raspa da lima e o sal, até obter uma massa cremosa. Bata as claras em castelo e, lentamente, vá adicionando o resto do açúcar. Com movimentos de baixo para cima, misture as claras em castelo com a massa das gemas. Peneire a farinha juntamente com a maisena e misture-as com as amêndoas. Bata e mexa tudo com uma colher de pau.
Forre a base da forma com papel vegetal, encha-a com a massa e alise bem a superfície. Leve-a ao forno previamente aquecido, a 190ºC durante cerca de 30min. Retire do forno, deixe arrefecer, desenforme e deixe esfriar por cima de uma rede de cozinha.
Para cobrir o bolo, ferva num tacho o sumo de laranja, a raspa de laranja, o sumo da lima e a água, co  o mel e o rum. Banhe o bolo nesta calda, deixando-o absorvê-la.
Para preparar o creme, ferva o leite com a polpa de baunilha e 1/3 da quantidade de açúcar indicada. Misture as gemas e a maisena com 2 a 3 colheres de sopa de leite a ferver. Bata as claras em castelo bem firme e, muito lentamente, sob a forma de um fiozinho, vá adicionando o resto do açúcar. Continuado sempre a mexer, junte a maisena misturada com o leite a ferver e deixe ferver durante mais algum tempo. Retire do lume e, logo de imediato, junte as claras em castelo. Com este creme, barre a superfície e os lados do bolo. Deixe que o creme adquira consistência.
Para o crocante, dissolva o açúcar num tacho até obter um caramelo de cor clara. Continue a mexer. Junte as nozes pecãs cortadas ao meio e misture tudo muito bem. Deite este preparado sobre uma placa de mármore e espalhe uma camada com 1mm de espessura com o rolo da massa, untado de óleo. Depois de arrefecer, triture esta calda sob a forma de grãos grossos. De seguida, espalhe os grãos de crocante pela superfície e pelos lados do bolo.

24 comentários:

  1. Hummmm, que dá vontade de mergulhar nesta palanqueta!!!
    Realmente, as nozes cá são mesmo caras!
    Beijinhos, boa semana!

    ResponderEliminar
  2. Adorei a receita, que aspecto tentador
    Tenho de espreitar esse livro

    ResponderEliminar
  3. Tenho também esse livro, ou julgo que seja o mesmo!
    Têm um aspecto fantástico essa tarte!
    Adorei!

    Beijinhos*

    ResponderEliminar
  4. Ficou muito bonita e com esse toque cítrico deve ser deliciosa.

    ResponderEliminar
  5. Adorei essa cobertura!! Que bom aspeto Xana!! :)
    Beijinhos *

    ResponderEliminar
  6. Olá Xana

    Não conhecia e adorei a sugestão. É realmente uma pena as nozes pecã serem tão caras.
    Bjs

    ResponderEliminar
  7. Deve ser delicioso!
    Beijinhos,
    http://sudelicia.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
  8. Olá Xana,

    Adoro nozes e então se mete caramelo e crocante... Ficou lindo e com um aspecto divinal.



    Beijinhos,
    Clarinha

    http://receitasetruquesdaclarinha.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
  9. Esta linda e imagino que seja uma delicia
    Adorei
    Bjs

    ResponderEliminar
  10. Eu querooooooooo!
    Ficou uma tentação, delícia total!

    Bjs

    ResponderEliminar
  11. Que maravilha amiga!! Olha eu que andei feita tonta à procura desse livro até que finalmente lá o encontrei e depois coloquei-o a um canto e pronto, nem parece meu... ah ah ah! Deu vontade de fazer fogo! :)
    Beijinhos doces.

    ResponderEliminar
  12. Te quedo una tarta fantastica ii que delicia y el corte me tiene embobada.......Bessss

    ResponderEliminar
  13. O nome é estranho, mas o aspecto é delicioso!

    ResponderEliminar
  14. Realmente o preço das nozes pecãs é um pecado, os frutos secos em geral :-)
    Mas ficou com um optimo aspecto!

    ResponderEliminar
  15. Uau, adorei a receita, não conhecia esta sobremesa! Parece me muito boa e vou ter de voltar para copiar e fazer ;)
    Beijinhos

    ResponderEliminar
  16. OMG que tentação .....Adorei!!!!Tem tudo o que gosto...
    Bjoka
    Rita

    ResponderEliminar
  17. Olá Xana: que maravilha de sobremesa. Adoro nozes pecã , embora o seu preço seja bastante elevado,mas o sabor é tudo de bom.
    Bjn
    Márcia

    ResponderEliminar
  18. É muito trabalhoso, mas deve ser uma maravilha, ... E as nozes normais devem ficar tão boas como as pecã...
    Beijinhos

    ResponderEliminar
  19. Tem um aspecto maravilhoso amiga e essas camadas, com diferenças de textura e sabores...
    Beijinhos,
    Lia.

    ResponderEliminar
  20. Este bolo deve ser uma perdição, com essas camadas e texturas todas, deve ser um prazer em cada garfada!
    Beijinhos

    ResponderEliminar
  21. Que aspecto delicioso! Já está apontado para fazer um dia destes =)

    ResponderEliminar

Mudámos para: www.ratatuidospobres.com.. visitem-nos Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...