sexta-feira, 28 de fevereiro de 2014

Arroz maravilhoso de míscaros

A 1ª vez que comi arroz de míscaros foi em Espanha. Fiquei maravilhada!!!
Há uns tempos, a minha mãe conseguiu arranjar os ditos na praça onde faz as compras e fiquei cheia de vontade de comprar para testar :)
Fui à mesma praça, pedi para me reservarem na semana seguinte e assim foi!!!
Uma surpresa enorme foi quando vi a quantidade de areia que trazem agarrada... Bem, passei por água, passei, esfreguei (só me faltou ir buscar a escova de dentes para o fazer mais ao pormenor) e mesmo assim não me consegui livrar completamente da areia, e só por aí foi um desconsolo comer este arroz, que estava absolutamente maravilhoso de sabor, mas que, de vez em quando (poucas vezes, felizmente) lá vinha um grão de areia... É uma pena, realmente, porque são deliciosos...
Fica registada a experiência :)

Ingredientes:
1 cebola
2 dentes alho
600 gr míscaros
azeite
1 1/2 cháv arroz carolino
1/2 chá chá vinho tinto
1 caldo knorr
1 chouriço carne
pimenta

Lave muito bem os míscaros para lhes tirar toda a areia e corte-os em bocados. Deite o azeite e leve ao lume com os alhos esmagados. 
Deixe estalar, junte a cebola picada e deixe cozer suavemente até a cebola estar macia. Adicione o chouriço cortado em pedacinhos e deixe alourar a cebola. 
Introduza os míscaros e o arroz e envolva, deixe fritar um pouco e junte o vinho tinto.
Depois de absorvido pelo arroz, junte água a ferver (cerca de 4 cháv chá, para ficar caldoso) e o caldo knorr.
Deixe ferver em lume médio, mexendo de vez em quando.

9 comentários:

  1. OH, mas tirando essa areia, o aspeto é fabuloso.
    Bjs, Susana

    ResponderEliminar
  2. deve ser mesmo mt bom pois esta com um super aspecto gostei mt bjs bfs

    ResponderEliminar
  3. Olá Xana
    Que arrozinho mais apetitoso!!!
    Beijinho e bom fim-de-semana!!

    ResponderEliminar
  4. Gostei do aspecto mas nunca comi...
    Bjinhos

    ResponderEliminar
  5. Os míscaros NUNCA, JAMAIS se lavam. Limpam-se com uma escova da terra e/ou areia que tenham. Depois descascam-se, ou seja raspe-se o caule e tira-se a pele do chapéu.

    ResponderEliminar

Mudámos para: www.ratatuidospobres.com.. visitem-nos Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...